blogdomiguez

um pouco de tudo

Arquivo para a tag “futebol”

Minha (boa) impressão do Maracanã Mais

  
Domingo, dia de FlaxFlu no Maracanã. Só que dessa vez decidi gastar um pouco além e experimentar o setor Maracanã Mais, aberto após as reformas do estádio pra Copa do Mundo. O Maracanã Mais é um setor intermediário entre o Camarote e as Arquibancadas centrais (um pouco mais caras que o setores atrás dos gols). Eu paguei o valor inteiro (R$155) e minha namorada pagou a meia (R$100). Esse valor tem buffet (R$40) incluído. Ou seja, bebida e comida a vontade.

  
Infelizmente, como o mando de jogo era do Fluminense, não pude comprar e carregar o meu ingresso no meu cartão de sócio-torcedor do Flamengo. Porém, o Maracanã também criou o seu próprio cartão, onde carreguei meu ingresso e poderei usá-lo sempre em outros jogos (somente para inteiras), não enfrentando fila e comprando pela internet. Como a Larissa não é sócia do Fluminense, tivemos que ir até o Maracanã para fazer a retirada do ingresso. Fica a dica para o Maracanã sinalizar e informar os funcionários de qual é a bilheteria certa. 

Como disse antes, o Maracanã Mais tem buffet liberado, então chegamos no estádio por volta de 15h para ver como funcionava esse esquema e ter a experiência de almoçar no estádio e aproveitar com tranquilidade todo o momento antes do jogo. 

No dia, o buffet tinha cachorro-quente, penne, farfale, sanduiches e salgados. Pra beber, refrigerante e água. Tudo muito bem servido e recem-feito.

  
Uma das decepções foi ver que o lugar é no setor Oeste. Pensei que fosse na parte supeior do estádio, mas tudo bem.

No final acho que valeu a pena. Uma vez no ano dá pra fazer essa brincadeira. 🙂

1 ano de Copa do Mundo no Brasil. Sdds

copa do mundo

Acordar com aquela adrenalina, ler as notícias das partidas do dia e colocar os resultados no bolão do trabalho. No mês de junho de 2014, tudo isso e muito mais estava rolando em todo o país durante a Copa do Mundo no Brasil, que foi sim, apesar de tudo, a Copa mais emocionante dos últimos anos. Chegava a dar angústia para poder ver logo o próximo jogo, e o próximo, e o próximo.

Essa Copa reservou jogos memoráveis, como Chile x Espanha e Alemanha x Portugal. E porque não lembrar de Costa do Marfim x Colômbia? A primeira fase do Brasil foi mais ou menos, mas as outras fases foram sensacionais, já começando com disputa de pênaltis contra o Chile, mas no final, já sabemos, né? 7×1.

Nessa Copa, nos apaixonamos pela torcida do Chile, com seu chi,chi,chi, le,le,le, Viva Chile! Ficamos acordados para comprar os ingressos (quase consegui =/ ) e conhecemos jogadores incríveis como James Rodrigues. Vimos cair o tal tique-taca da Espanha que não fez nem cosquinha e Cristiano Ronaldo mais uma vez não conseguiu fazer nada, mas estava com os cabelos sempre impecáveis.

alemanha

Vimos um grande time da Argentina, com Messi não desequilibrando mas, mostrando porque é Messi. E nos rendemos a superioridade da Alemanha. Essa Copa do Mundo 2014 vai deixar saudades (até as buzinas nas ruas nos dias de jogos do Brasil). Saudades de ruas coloridas. Saudades de estádios lotados. Saudades de todos nos bares, nos prédios e nos churrascos vendo os melhores jogos de suas vidas. Saudades Copa. =(

Imagens: Fifa World Cup

Engenhão

o-estadio-olimpico-joao-havelange-o-engenhao-visto-de-cima-1366838036559_1920x1080

Depois de quase dois anos fechado para obras (será que realmente necessárias?), o Estádio Nilton Santos (João Havelange apenas oficialmente, e por enquanto), mais popularmente conhecido como Engenhão, finalmente reabriu para os torcedores. Sob administração do Botafogo, o estádio nunca esteve entre os mais queridos dos cariocas, que enumeram entre outros motivos para não gostarem do estádio, a sua localização.

Para quem tem como principal opção há mais de 60 anos o Maracanã, acho compreensível esse estranhamento, mas acho que há um pouco de preconceito também. Já estive muitas vezes no estádio e gostei de algumas coisas e não gostei de outras. Mas a sua localização é no mínimo privilegiada em tempos de poucos terrenos disponíveis na cidade.

Bem em frente há uma estação de trem que em no máximo 15 minutos deixam os torcedores na estação Central do Brasil, de onde tem conexão com o metrô e com diversas linhas municipais e intermunicipais. Além disso, o estádio está a poucos metros da Linha Amarela que corta toda a Zona Norte em direção a Zona Oeste e outras regiões da cidade. Em dias de jogos de maior apelo, havia muitos congestionamentos para quem queria pegar essa via expressa. A prefeitura resolveu a questão com um viaduto.

Concordo que é preciso mais atrativos para levar os torcedores ao Engenhão e tirar o título de “Vazião”. Acho que o Botafogo tem uma ótima oportunidade para fidelizar seus torcedores junto ao estádio na campanha deste ano da série B.

Brasileirão 2011

O Brasileirão deste ano está mais emocionante do que nunca, com os 8 primeiros da tabela praticamente colados um no outro, sem grande vantagem. O que garante sempre bons jogos, boa média de público nos estádios e valorização do campeonato e dos jogadores.

Muitos foram contra os pontos corridos, por dizerem que não dava emoção nenhuma, pois bem, anos depois do sistema ser colocado em prática, os pontos corridos são a prova de emoção, em um campeonato equilibrado e um dos mais difíceis (se não O mais difícil) do mundo, sempre há no mínimo cinco times com chances de serem campeões.

Os times cariocas finalmente estão aprendendo a se estruturar e os resultados estão aparecendo, com o Flamengo na vice-liderança, Botafogo e Vasco na zona da Libertadores e o Fluminense entre os 10 primeiros. Acho que é a melhor participação dos clubes do Rio nos últimos 10 anos, com certeza.

A CBF (#forateixeira!) fez uma tabela interessante, deixando a última rodada cheia de clássicos para não ter motivo de dizer que alguém fez corpo mole pro outro ser campeão. A última rodada com toda certeza será eletrizante, com Flamengo, Corinthians, São Paulo e Internacional disputando o título.

Agora é esperar, torcer (#vamosflamengo!) e gritar.

Navegação de Posts

%d blogueiros gostam disto: