blogdomiguez

um pouco de tudo

Minha (boa) impressão do Maracanã Mais

  
Domingo, dia de FlaxFlu no Maracanã. Só que dessa vez decidi gastar um pouco além e experimentar o setor Maracanã Mais, aberto após as reformas do estádio pra Copa do Mundo. O Maracanã Mais é um setor intermediário entre o Camarote e as Arquibancadas centrais (um pouco mais caras que o setores atrás dos gols). Eu paguei o valor inteiro (R$155) e minha namorada pagou a meia (R$100). Esse valor tem buffet (R$40) incluído. Ou seja, bebida e comida a vontade.

  
Infelizmente, como o mando de jogo era do Fluminense, não pude comprar e carregar o meu ingresso no meu cartão de sócio-torcedor do Flamengo. Porém, o Maracanã também criou o seu próprio cartão, onde carreguei meu ingresso e poderei usá-lo sempre em outros jogos (somente para inteiras), não enfrentando fila e comprando pela internet. Como a Larissa não é sócia do Fluminense, tivemos que ir até o Maracanã para fazer a retirada do ingresso. Fica a dica para o Maracanã sinalizar e informar os funcionários de qual é a bilheteria certa. 

Como disse antes, o Maracanã Mais tem buffet liberado, então chegamos no estádio por volta de 15h para ver como funcionava esse esquema e ter a experiência de almoçar no estádio e aproveitar com tranquilidade todo o momento antes do jogo. 

No dia, o buffet tinha cachorro-quente, penne, farfale, sanduiches e salgados. Pra beber, refrigerante e água. Tudo muito bem servido e recem-feito.

  
Uma das decepções foi ver que o lugar é no setor Oeste. Pensei que fosse na parte supeior do estádio, mas tudo bem.

No final acho que valeu a pena. Uma vez no ano dá pra fazer essa brincadeira. 🙂

Um lugar chamado Void General Store

Sabe aquele lugar que você se sente a vontade para ficar conversando com os amigos, tomando uma boa cerveja e ouvindo uma música legal? Pois é, conheci um lugar assim há mais ou menos um mês. Meio que escondido entre dois restaurantes na Olegario Maciel, na Barra da Tijuca, lá estava ela. Com uma arquibancada, bancos de madeira e luzes penduradas no meio do caminho, a entrada da Void General Store te convida a entrar na hora!

Com uma filial também no Leblon, o lugar é diferente de tudo que já vi, pelo menos no Rio de Janeiro. A Void, como o próprio nome já diz, é uma general store, ou seja, vende de tudo um pouco, desde camisinha até roupas e tênis. Lá tudo é muito organizado e muito descolado, os atendentes são simpáticos e como a vibe do lugar exige têm um visual bem alternativo.


Para comer, a boa é o Hareburger, marca de hambúrger aqui do Rio feito somente com carne de soja. O clima da Void pede uma boa cerveja com os amigos, e lá eles tem uma ótima variedade, da Heineken (garrafa de 600ml a R$10) a Duvel (R$24).

A Void é aquele lugar para você voltar sempre com os amigos. Eu volto, com certeza!

Mais fotos do que você encontra na Void:

  

1 ano de Copa do Mundo no Brasil. Sdds

copa do mundo

Acordar com aquela adrenalina, ler as notícias das partidas do dia e colocar os resultados no bolão do trabalho. No mês de junho de 2014, tudo isso e muito mais estava rolando em todo o país durante a Copa do Mundo no Brasil, que foi sim, apesar de tudo, a Copa mais emocionante dos últimos anos. Chegava a dar angústia para poder ver logo o próximo jogo, e o próximo, e o próximo.

Essa Copa reservou jogos memoráveis, como Chile x Espanha e Alemanha x Portugal. E porque não lembrar de Costa do Marfim x Colômbia? A primeira fase do Brasil foi mais ou menos, mas as outras fases foram sensacionais, já começando com disputa de pênaltis contra o Chile, mas no final, já sabemos, né? 7×1.

Nessa Copa, nos apaixonamos pela torcida do Chile, com seu chi,chi,chi, le,le,le, Viva Chile! Ficamos acordados para comprar os ingressos (quase consegui =/ ) e conhecemos jogadores incríveis como James Rodrigues. Vimos cair o tal tique-taca da Espanha que não fez nem cosquinha e Cristiano Ronaldo mais uma vez não conseguiu fazer nada, mas estava com os cabelos sempre impecáveis.

alemanha

Vimos um grande time da Argentina, com Messi não desequilibrando mas, mostrando porque é Messi. E nos rendemos a superioridade da Alemanha. Essa Copa do Mundo 2014 vai deixar saudades (até as buzinas nas ruas nos dias de jogos do Brasil). Saudades de ruas coloridas. Saudades de estádios lotados. Saudades de todos nos bares, nos prédios e nos churrascos vendo os melhores jogos de suas vidas. Saudades Copa. =(

Imagens: Fifa World Cup

Engenhão

o-estadio-olimpico-joao-havelange-o-engenhao-visto-de-cima-1366838036559_1920x1080

Depois de quase dois anos fechado para obras (será que realmente necessárias?), o Estádio Nilton Santos (João Havelange apenas oficialmente, e por enquanto), mais popularmente conhecido como Engenhão, finalmente reabriu para os torcedores. Sob administração do Botafogo, o estádio nunca esteve entre os mais queridos dos cariocas, que enumeram entre outros motivos para não gostarem do estádio, a sua localização.

Para quem tem como principal opção há mais de 60 anos o Maracanã, acho compreensível esse estranhamento, mas acho que há um pouco de preconceito também. Já estive muitas vezes no estádio e gostei de algumas coisas e não gostei de outras. Mas a sua localização é no mínimo privilegiada em tempos de poucos terrenos disponíveis na cidade.

Bem em frente há uma estação de trem que em no máximo 15 minutos deixam os torcedores na estação Central do Brasil, de onde tem conexão com o metrô e com diversas linhas municipais e intermunicipais. Além disso, o estádio está a poucos metros da Linha Amarela que corta toda a Zona Norte em direção a Zona Oeste e outras regiões da cidade. Em dias de jogos de maior apelo, havia muitos congestionamentos para quem queria pegar essa via expressa. A prefeitura resolveu a questão com um viaduto.

Concordo que é preciso mais atrativos para levar os torcedores ao Engenhão e tirar o título de “Vazião”. Acho que o Botafogo tem uma ótima oportunidade para fidelizar seus torcedores junto ao estádio na campanha deste ano da série B.

Novo Emprego

No começo deste ano escrevi aqui no blog que seria um ano de mudanças e coisas boas. Pois bem. Tudo de bom vem acontecendo mesmo. Depois de quatro anos em um emprego onde aprendi muito e cresci profissionalmente, mas estava infeliz e sem perspectivas, consegui um novo emprego. 

Motivação, alegria, realização são algumas das palavras para expressar o que venho sentindo nesses últimos 2 meses que estou trabalhando como assessor de imprensa da ESPM. Emprego novo, pessoas novas, função nova. Muitas pessoas poderiam ficar com medo de mudar, como eu fiz. Mas pra mim, mudar é bom, variar é bom. 

Não tem nada mais gratificante do que trabalhar feliz e motivado. Então é isso. Agora é correr que tem muita coisa pela frente.

Projetos e Parcerias

Eu sempre gostei de participar de projetos. Acho muito mais empolgante e produtivo ter que desenvolver uma coisa nova sempre, e ver o resultado positivo (assim esperamos, né!?) daquele trabalho. Esse ano será o ano chave para colocar o Mundo Tattoo em todos os lugares para que ele fique cada vez mais conhecido. 

Fazer esse trabalho sozinho quer dizer ao mesmo tempo ter que buscar novos projetos constantemente para que o site fique sempre ativo, e isso quer dizer ainda, trabalhar em parceria. Agradeço sempre que eu posso aos meus amigos que vem apoiando este projeto, participando de todas as formas, seja compartilhando e curtindo um post, ou mesmo trabalhando junto comigo. 

O último projeto do site foi um ensaio fotográfico feito em parceria com a fotógrafa Carolina Luz, amiga que fez um trabalho incrível fotografando seis meninas tatuadas diferentes para o Dia Internacional da Mulher. Nada de grandes produções, dessa vez, criamos um cenário intimista, um quarto pequeno, uma parede, a câmera e dois flashs. Bastou isso para sair um trabalho incrível, autoral e criativo. 

Image

Quem quiser conferir o ensaio completo é só clicar no link http://bit.ly/1dILwMB. Mês que vem fico quatro dias em São Paulo em busca de novas histórias e novos projetos para alimentar o site e deixar ele cada vez mais com a cara que eu sempre sonhei pra ele. 

Drama de aniversário

Todo ano é a mesma coisa. Tenho que olhar o calendário para ver quando cai o carnaval e torcer para não cair no meu aniversário ou perto dele. Acho que carnaval está no Top Five das piores datas para nascer, só perde pra Reveillon, Natal, Páscoa e o dia de Finados. Não tem nada pior do que querer fazer alguma coisa mas não vai dar porque vai todo mundo estar na folia bêbado ou o transtorno pra chegar onde você quer por causa dos blocos é tamanho que ninguém vai. 

Há uns 2 ou 3 anos sofri isso. Marquei em um lugar legal (Lord Jim, em Ipanema), num horário que não tinha mais bloco, e foram 4 amigos, que moram no meu coração! =P

Image

Esse ano, não pude ter mais sorte. Aniversário no domingo de carnaval! Quase chorei, de tristeza O que fazer?? Dá vontade de não comemorar nada e deixar passar, pq o trabalho que tá sendo pra fazer algo é triste. haha. Estou pensando em me render à folia e fazer uma comemoração no bloco mesmo. A chance de mais gente ir é sempre maior. Isso de comemorar dias antes e depois é tão ruim quanto, porque ainda vai ser carnaval! Ou seja, tô sem ideias. E aí, sugestões?! 

Image

Tchau 2013

2013 foi um ano mais de altos do que baixos. Muita coisa boa aconteceu, começando pela minha primeira viagem à Europa. Madrid e Paris. Comecei bem né?! Em Madrid, visitei o estádio do Real, fui aos museus, fiz pub crawl (fiquei bêbado) e comi paella (ahhh, a paella!!). Paris foi aquela coisa né? Hospedado em Montmartre, Torre Eiffel, museus, expulso do museu da guerra (por causa do horário de fechamento), pub crawl (fiquei MUITO bêbado), enfim, foi muito legal! 

Image

Só na volta de Paris que teve um pequeno atraso, uma pequena perda de conexão em Londres e uma pequena viagem de volta passando por Buenos Aires e chegando no Rio quase 2 dias depois. Coisas de viagem né!?

Image

O decorrer do ano foi de muita correria como sempre, freelas de pé e tudo mais. Até que tomo a decisão de colocar de pé o meu projeto. o site Mundo Tattoo (www.mundotattoo.com.br), que é dedicado a falar e mostrar o mundo da tatuagem de um jeito diferente, com qualidade e com material exclusivo. Foram meses de vai e vem, mas no início de novembro, ele foi ao ar! Com entrevista com o Ami James do Miami Ink e um ensaio exclusivo com a Lola Benvenutti, que foi demais, topou a ideia e o convite na hora que falei com ela e vou ser sempre grato pela confiança. 

Image

Acho que foi um bom ano, com muita coisa boa pra vir em 2014. Acho que 2014 vai ser O ano. Vamos ver e trabalhar pra isso! 

Até 2014, com esse blog mais ativo. Promessa de ano novo. 

 

 

Verão 2013

Sempre começamos o ano fazendo promessas e não cumprindo. Mas esse ano será diferente! vou juntar duas coisas que amo e perder os quilos ganhos nos últimos anos. Essa semana começo minha pequena maratona de acrobacia+pedaladas matinais no aterro.

Imagem

Espero voltar o mais rápido possível aos meus 60 ou 62 quilos. Vamos lá!

Colheitas

Aquela história de que colhemos o que plantamos parece conselho careta de pai, mas não passa da mais pura verdade. Estamos no final de mais um ano difícil, de vida corrida, mas de muito trabalho e aprendizado.   Projetos surgindo, freelas aparecendo e se fortalecendo e resultados vindo. 

Nada mais justo já que venho trabalhando forte nesses últimos cinco anos. Só anda faltando uma mudança de vida que venho querendo pelo menos há dois anos, mas que se tudo der certo, logo logo vai acontecer. Mudar é bom, e mudar pra melhor é muito melhor. 

Vamos que vamos que ainda tem um mês e meio pra ver o que acontece até o dia 31 de dezembro. 

🙂

Navegação de Posts

%d blogueiros gostam disto: